Matéria

O papel da IA ​​generativa no treinamento e desenvolvimento

A corrida do ouro da inteligência artificial (IA) começou. Em 2023, existem mais de 200 startups baseadas em IA generativa em todo o mundo, todas competindo para desenvolver novas capacidades que ajudarão as empresas a aproveitar essa tecnologia ainda nascente. O processamento de linguagem natural (PLN) e modelos de IA como o ChatGPT estão abrindo caminho para novos casos de uso, como criação de conteúdo, automação, análise de sentimentos, análise de dados em tempo real, comunicação aprimorada e tradução, entre muitos outros. O potencial de transformação dos negócios é fascinante. Não é surpresa que empresas ao redor do mundo estejam se esforçando para descobrir como aproveitar a IA generativa a seu favor.

No entanto, em vez de voltarem sua atenção para o exterior e descobrir como lucrar e monetizar ferramentas de IA generativa, as empresas fariam bem em adotar uma abordagem mais introspectiva. Quais áreas de seus negócios podem ser melhoradas, otimizadas e simplificadas com o uso do PLN e da IA de forma mais geral? Embora isso nem sempre seja discutido, o treinamento corporativo merece estar no topo dessa lista.

Empresas que investem em seus programas de treinamento corporativo tendem a ter maior retenção de colaboradores, maior moral e as vantagens de ter uma equipe bem treinada que pode alcançar e até mesmo superar seu potencial. Vamos explorar o que NLP e ChatGPT têm a oferecer no campo do treinamento corporativo.

A ascensão da IA generativa pré-treinada

Vamos começar com o básico. PLN é um subcampo da IA que se concentra na interação entre computadores e seres humanos usando linguagem conversacional. Ele permite que os computadores compreendam, interpretem e respondam à linguagem humana. O que diferencia o ChatGPT é o uso da tecnologia PLN junto com modelos de linguagem pré-treinados baseados em conjuntos enormes de dados para criar respostas generativas semelhantes às humanas. Isso significa que as empresas podem usar ferramentas como o ChatGPT para criar texto semelhante ao humano, ou ferramentas como o DALL-E 2 para gerar imagens e vídeos sob demanda com base em uma instrução dada. Sabemos que o PLN tem a capacidade de analisar, interpretar e transformar texto e fala humana, desde tradução e análise de sentimentos em tempo real até a criação de resumos por palavras-chave ou destaque de pontos de ação. Mas quais são os casos de uso além disso no treinamento corporativo?

O papel do PLN no treinamento corporativo

A tecnologia PLN estabelece as bases para a automação e personalização, mas o faz de uma maneira que exige pouco trabalho e é fácil de executar. Por exemplo, uma das principais vantagens no campo do treinamento corporativo pode ser sua capacidade de analisar o feedback dos colaboradores e identificar áreas em que o treinamento pode ser adaptado para atender necessidades específicas. Ao analisar a linguagem usada pelos colaboradores ao discutir materiais de treinamento, algoritmos de PLN podem ajudar os instrutores a entender quais tópicos ou conceitos são mais relevantes e quais exigem maior esclarecimento. Essas informações podem ser usadas para ajustar os materiais de treinamento, tornando-os mais direcionados e relevantes, e para projetar sessões de treinamento complementares que abordem quaisquer lacunas ou mal-entendidos. Esse é um trabalho que, se fosse orquestrado manualmente, exigiria recursos consideráveis e seria inviável para a maioria das empresas, deixando seus programas de treinamento em grande parte defasados.

Outro caso de uso importante para o PLN no treinamento corporativo é a facilitação do próprio treinamento. A colaboração no treinamento corporativo pode ser melhorada por meio de uma comunicação e compreensão aprimoradas, impulsionadas pela tecnologia. Por exemplo, o PLN pode ser usado para monitorar ativamente as interações entre os colaboradores durante as sessões de treinamento, destacando onde mais contribuição ou orientação podem ser necessárias. O PLN também pode traduzir materiais de treinamento em tempo real, removendo barreiras linguísticas que podem prejudicar alguns colaboradores se os materiais não tiverem sido criados levando em consideração seu idioma nativo. Chatbots automatizados também podem ser criados para responder a perguntas dos colaboradores durante os seminários de treinamento, reduzindo interrupções e fornecendo aos colaboradores acesso a um vasto conjunto de informações relevantes e personalizadas sobre determinado tópico.

Além disso, graças ao PLN, os programas de treinamento “tamanho único” não existem mais. Os programas de treinamento podem ser altamente personalizados para cada colaborador, com base em seu nível de conhecimento e em suas necessidades específicas, desde que os instrutores estejam disponíveis para verificar se o conteúdo é confiável e atende aos requisitos específicos da empresa.

A ascensão da tecnologia PLN abriu um mundo de possibilidades no campo do treinamento corporativo. Com a capacidade de analisar o feedback dos colaboradores e adaptar o conteúdo do treinamento para atender necessidades específicas, o PLN tem o potencial de revolucionar a forma como as empresas abordam o desenvolvimento de seus colaboradores. Ao escolher um fornecedor de sistemas de gerenciamento de aprendizagem, as empresas devem levar em conta esse potencial transformador se desejam que sua força de trabalho alcance seu potencial e acompanhe a concorrência nos próximos anos e décadas.

Fonte: https://trainingindustry.com/

Curta e siga:
error20
fb-share-icon0
fb-share-icon20
Share:
Verified by ExactMetrics