A importância dos Profissionais de T&D na Era dos Dados

Mudança constante é o novo normal

Quase todas as grandes indústrias passaram por mudanças significativas durante os últimos quatro anos. Para permanecer competitivo, suas ofertas precisam ser intencionais e seus processos precisam ser inovadores. As organizações de alto desempenho sabem que quando os gestores têm as técnicas corretas de ideação, as habilidades de resolução de problemas e os comportamentos consistentes de trabalho em equipe, eles podem cultivar uma mentalidade inovadora em suas equipes. A criatividade nutre a inovação e a inovação gera valor.

Na verdade, as competências humanas e de liderança são mais críticas do que nunca para impulsionar e orientar a mudança e, ao mesmo tempo, melhorar a produtividade e a eficácia. Habilidades criativas essenciais podem ajudar gerentes e membros da equipe a enriquecer seus resultados de ideias para inovar, aumentar a eficiência e construir equipes mais fortes, levando ao sucesso organizacional.

Mas não vamos ignorar o outro principal impulsionador da mudança: os dados. Hoje, o trabalhador médio está exposto a mais informações do que nunca, e poucos colaboradores sabem como analisar, avaliar e aproveitar adequadamente essas métricas. É por isso que os colaboradores precisam desenvolver habilidades de pensamento crítico, para decifrar dados pertinentes em meio aos grandes volumes que recebem.

Os dados se tornaram tão onipresentes que podem ser esmagadores.

Tal como em outras áreas, os profissionais de T&D também se veem nadando em enormes quantidades de dados. Isto é principalmente o resultado de um ritmo crescente de inovação tecnológica na aprendizagem digital, de acordo com pesquisa feita pelo Elucidat. Outro motivo é a necessidade de automatizar e otimizar processos que reduzam a entrada manual.

Isto representa dois desafios principais para os profissionais de T&D, e ambos têm origem na complexidade de um cenário empresarial em rápida mudança:

Medir o impacto da aprendizagem parece inalcançável: A tecnologia está evoluindo mais rápido do que nunca, tornando difícil identificar e oferecer programas de treinamento relevantes. Os métodos tradicionais de avaliação do impacto das iniciativas de aprendizagem são insuficientes quando se trata de insights acionáveis em tempo real sobre o desenvolvimento dos colaboradores e o crescimento organizacional. O fluxo constante de dados de aprendizagem pode ser assustador, e os profissionais de T&D têm dificuldade em interpretar e utilizar dados de forma eficaz para melhorar os resultados da aprendizagem.

Dificuldade em alinhar os objetivos de aprendizagem com as metas de negócios: Continua a ser um obstáculo persistente estabelecer uma ligação clara entre os objetivos de aprendizagem e os principais indicadores de desempenho (KPI) abrangentes para o negócio. Desenvolver formação localizada que se alinhe com a estratégia de aprendizagem global da organização também pode ser um dilema. Deve haver uma ligação clara entre as iniciativas de aprendizagem e os resultados empresariais tangíveis, mas isto requer um realinhamento estratégico que muitas organizações consideram difícil de executar.

Elimine o ruído para se concentrar no que importa

As abordagens tradicionais de análise de dados não são mais suficientes devido ao grande volume de dados disponíveis. Não se trata mais de acessar dados ou coletá-los. Em vez disso, você deve se concentrar em garantir a qualidade e desenvolver a capacidade de analisar adequadamente suas métricas e alinhá-las aos objetivos de negócios.

Aqui estão três práticas recomendadas básicas que recomendamos:

Descubra o que você precisa e quer saber: comece com OKRs (Objetivos e Resultados-chave) para ajudá-lo a definir claramente seus objetivos de aprendizagem e alinhá-los com as metas organizacionais. Use a estrutura OKR para ajudá-lo a acompanhar e medir resultados que trazem clareza às suas iniciativas de aprendizagem. Isto promove a transparência e a responsabilização, ao mesmo tempo que reforça a ligação entre as atividades de T&D e os resultados empresariais.

Implemente e acompanhe KPIs específicos: Identifique e meça apenas os principais indicadores de desempenho específicos para suas iniciativas de aprendizagem e desenvolvimento. Isso inclui o monitoramento de métricas importantes, como aquisição de habilidades, taxas de conclusão de treinamento e aplicação de conhecimentos recém-adquiridos no local de trabalho. Você pode até medir o desempenho das equipes por meio de avaliações regulares durante um longo período de tempo.

Conheça a análise avançada de dados: Existem ferramentas para ajudar a filtrar seus dados e extrair insights significativos que incentivarão a adesão das partes interessadas e informarão decisões futuras. Considere usar ferramentas de Business Intelligence para processar seus dados e criar as visualizações e relatórios mais relevantes para atender às suas necessidades. Melhor ainda, você pode usar uma plataforma que faz esse trabalho para você, fornecendo relatórios prontos para uso com as informações mais relevantes para análises profundas de dados e tomada de decisões baseadas em dados.

Em meio a um estado de constante evolução dos dados, as equipes de T&D estão no centro da mudança organizacional. Ao adotar OKRs, KPIs e aproveitar o poder das métricas, os profissionais de T&D podem não apenas enfrentar os desafios em questão, mas também aumentar o seu impacto no sucesso do negócio.

Bônus: Estrutura OKR

Objetivos

Defina claramente os objetivos de aprendizagem alinhados com as metas organizacionais usando a estrutura OKR. Isto promove a transparência, a responsabilização e uma ligação direta entre iniciativas de aprendizagem e negócios.

Principais resultados

Identifique e meça indicadores-chave de desempenho específicos para aprendizagem e desenvolvimento, incluindo aquisição de habilidades, taxas de conclusão de treinamento, aplicação de conhecimentos recém-adquiridos e até mesmo desempenho de longo prazo das equipes.

Iniciativas

As ações concretas que você precisará realizar para melhorar o desempenho e alcançar os resultados-chave definidos. Estas podem ser decididas diretamente pelas equipes no terreno, mas é necessário garantir que são mensuráveis e estão ligadas a pelo menos um resultado-chave.

Medição

Isto contribui para a eficácia do OKRS e garante clareza, responsabilidade e alinhamento com os objetivos organizacionais. Também permite que as organizações acompanhem o progresso, tomem decisões informadas e promovam uma cultura de melhoria contínua e adaptabilidade.

Fonte: www.crossknowledge.com

👉 Design Educacional é o portal de informações da WIRE EdTech Solutions sobre T&D e Design Instrucional 🎓