Matéria

Dicas para escrever cenários de treinamento

Ao oferecer treinamento para colaboradores, você pode incluir políticas da empresa, melhores práticas e novos ensinamentos. No entanto, também é importante que os colaboradores pratiquem o que estão aprendendo. Simplesmente fazer com que uma equipe leia um manual ou dizer-lhes o que fazer em determinadas situações nem sempre é a abordagem mais útil.

Em vez disso, o treinamento baseado em cenários oferece uma abordagem prática que pode tornar seus esforços de treinamento mais bem-sucedidos.

O treinamento baseado em cenários é uma estratégia de design instrucional que utiliza cenários realistas e interativos para demonstrar um conceito aos alunos. Deferente do aprendizado tradicional em estilo de palestra, o treinamento baseado em cenários concentra-se na construção de histórias ou situações.

Quando feitos corretamente, os cenários de treinamento podem levar a melhores resultados de aprendizagem, maior desempenho dos colaboradores e satisfação do cliente. No entanto, cenários de treinamento bem-sucedidos exigem trabalho para serem acertados e podem consumir mais tempo.

Aqui está uma rápida visão geral de seis dicas para escrever melhores cenários de treinamento:

1. Entenda seus alunos

A eficácia do treinamento baseado em cenários dependerá de quão bem os alunos entendem e se relacionam com o cenário que você cria. Quanto mais você souber quem são seus alunos, mais poderá concluir o seguinte:

– Identifique claramente as necessidades de treinamento. O mesmo treinamento básico e genérico não se aplica a todos. Na verdade, quanto mais você souber sobre o seu público, mais seu treinamento precisará ser adaptado.

– Apresente cenários realistas. Os trabalhadores de um escritório não se identificarão com um cenário de treinamento realizado em um local de trabalho ao ar livre. Conhecer o ambiente dos alunos definirá o cenário para o seu cenário de treinamento.

– Crie respostas relacionáveis. Quando os alunos se deparam com um problema, há algumas coisas que eles provavelmente escolherão. Compreender seus alunos pode ajudá-lo a incorporar outras opções possíveis para testar suas habilidades.

2. Lembre-se do objetivo do treinamento

Cada cenário de treinamento precisa ter um objetivo claramente definido. Para obter um treinamento baseado em cenários mais eficaz, concentre-se em um objetivo e situação de cada vez. Por exemplo, não force seus alunos a aprenderem o protocolo de segurança e de avaliação de desempenho no mesmo cenário.

Ajuda ter em mente o resultado de aprendizagem ideal. O que você deseja que seus alunos aprendam com esse cenário de treinamento? O resultado está alinhado com o objetivo geral?

Por exemplo, se o seu objetivo é treinar sua equipe em um novo software, um bom resultado seria que, ao final da aula, todos soubessem como usar o software para concluir uma tarefa. Com isso em mente, você pode construir um cenário que demonstre como o software conclui uma tarefa relacionada ao trabalho.

3. Seja realista

O treinamento baseado em cenários só funcionará se o cenário realmente acontecer. Para engajamento e retenção, os alunos precisam se relacionar com o cenário. Deve ser real, relevante e verossímil.

Considere os pontos 1 e 2 acima: Quanto mais você conhece seu público, mais realista você será. E ser realista também significa cobrir uma quantidade adequada de material num cenário de formação que se alinhe com um objetivo real.

Isso não significa que seu cenário de treinamento precise incluir tarefas rotineiras do dia a dia. Você não precisa fugir de situações estressantes ou de emergência. Embora possam ser raros, os colaboradores se beneficiariam em saber o que fazer se essas situações acontecerem.

4. Desafie os alunos

Embora o treinamento baseado em cenários deva ser realista, isso não significa que deva ser fácil.

Isso significa não tornar a solução demasiado óbvia. Não engane os alunos, mas faça-os realmente pensar sobre o cenário, suas escolhas e as consequências.

Cenários de treinamento desafiadores podem motivar os alunos, incentivando o pensamento crítico. Quando os alunos se envolvem no pensamento crítico, é gratificante, como resolver um quebra-cabeça complexo. Certifique-se de que seu cenário seja complexo o suficiente para ativar algum pensamento crítico e permitir que os alunos colham os benefícios motivacionais.

5. Use seus recursos

Ao escrever um cenário de treinamento, você não precisa confiar apenas no seu próprio conhecimento. Entre em contato com colaboradores existentes e especialistas no assunto. Ao estender a mão para outras pessoas, pode ajudar das seguintes maneiras:

– Certifique-se de que o cenário seja realista. Se você estiver escrevendo um treinamento para tarefas que nem sempre executa sozinho, você vai querer que as pessoas mais próximas do trabalho ajudem a garantir que o cenário seja realista.

– Aprimore os detalhes. Os detalhes são o que dá vida aos cenários realistas, portanto, certifique-se de reunir exemplos valiosos de seus recursos.

– Descubra desafios únicos. Perguntar à sua equipe sobre os maiores pontos problemáticos e cenários “e se” criará cenários e desafios únicos para aprimorar o aprendizado.

– Use a linguagem certa. A linguagem do cenário deve ser semelhante à linguagem que os membros da equipe conhecem e usam todos os dias.

Se você não tiver certeza de que seu cenário de treinamento será eficaz, ignorar os recursos disponíveis apenas fará com que seu curso fique aquém. Os alunos notarão informações imprecisas, fazendo com que não levem o curso a sério.

6. Adote uma abordagem narrativa

Sabemos que o treinamento baseado em cenários precisa ser realista, mas e quanto ao envolvimento? Considere a história que você está contando ao escrever seus cenários. Elaborar uma história para seu treinamento baseado em cenário o tornará mais envolvente e identificável. Os alunos provavelmente também se lembrarão disso.

Para adotar uma abordagem narrativa, forneça o seguinte:

– Informações básicas. Defina o cenário fornecendo informações de contexto, como cenário, situação e conhecimento prévio.

– Personagens, com um protagonista identificável. Pense em criar o perfil de um típico colega de trabalho que precisa do treinamento que você oferece para enfrentar o cenário.

– Trama. Esta é a base do seu cenário. O que acontece? Qual é o resultado das decisões a tomar?

– Desafio e solução. Qual é o problema que o personagem principal enfrenta e como seu treinamento o resolve?

Depois de criar o conteúdo para aprendizagem baseada em cenários, comece a incorporá-lo ao seu curso online. Você pode combinar aprendizagem baseada em cenários e microaprendizagem para uma experiência envolvente e envolvente do aluno.

Fonte: www.learndash.com

Curta e siga:
error20
fb-share-icon0
fb-share-icon20
Share:
Verified by ExactMetrics