Matéria

Aprimorando o microlearning com técnicas de marketing

Profissionais de aprendizagem e desenvolvimento (T&D) buscam constantemente maneiras eficazes de envolver os alunos e garantir que o conhecimento não apenas permaneça, mas também estimule mudanças de comportamento. Isso é especialmente importante no microlearning. Ao adotar técnicas do mundo do marketing, podemos aumentar o impacto de qualquer iniciativa de microlearning. Especificamente, exploraremos três temas principais de marketing que podemos adaptar para criar experiências eficazes de microaprendizagem. Essas técnicas são eficazes porque permitem que a mensagem do treinamento seja fixada.

1. A “ideia publicitária” no microlearning

No mundo do marketing, uma mensagem concisa e focada é importante, muitas vezes incorporada em um conceito de vídeo atraente. Essa abordagem, conhecida como “ideia publicitária”, também pode transformar o microlearning. A essência da ideia publicitária é criar um conceito singular e focado que encapsule o objetivo de aprendizagem. A ideia publicitária precisa ser sobre o objetivo de aprendizagem. É irrelevante se uma peça de aprendizagem é bonita ou envolvente, mas não impulsiona seu ponto de aprendizagem.

Por exemplo, a ideia publicitária de um vídeo da loja Ikea é: “A IKEA é orgulhosamente a segunda melhor parte integrante da sua casa”. Como resultado, os móveis neste vídeo são humildemente destacados e fazem parte dos eventos relacionáveis ​​da família como um pano de fundo onipresente, essencial e difundido para a vida familiar. O anúncio é eficaz porque você se lembra da mensagem muito depois de vê-la.

Maneiras de representar a ideia publicitária no microlearning

Uma maneira viável para os profissionais de T&D criarem ideias publicitárias eficazes de microlearning é usar metáforas, contrastes e exageros para tornar o conceito memorável. Um ótimo exemplo de vídeo de treinamento é o vídeo “My Mom Has Alzheimer’s” de Sarah Dewar, onde a ideia publicitária é “apoiar o caminho de conversação dos pais com Alzheimer”, e Sarah deu vida a isso com a metáfora visual de um caminho de conversa.

Podemos usar o conceito de ideia publicitária para garantir que todos os elementos (visuais, música, ação) reforcem o ponto-chave de aprendizagem. O conceito é diretamente aplicável a vídeos de treinamento de microlearning, mas também aplicável ao microlearning em formatos de e-learning e apresentação. Não importa o formato, o microlearning com uma ideia publicitária eficaz impulsiona ações ou desperta atitudes entre os alunos.

Foco em um ponto de aprendizagem

Um aspecto crucial desta abordagem é garantir que o microlearning se concentre em um único ponto de aprendizagem. Assim como os anúncios que perdem impacto quando estão repletos de mensagens múltiplas, o microlearning torna-se diluído se se desvia do seu objetivo principal.

Embora isso seja verdade para qualquer peça de microlearning, torna-se ainda mais importante para a publicidade de microlearning baseada em ideias. Uma ideia publicitária eficaz deve ser uma transformação criativa, mas concisa, do único propósito de aprendizagem, dando vida ao ponto central de uma forma que repercuta nos colaboradores.

2. Cópia concisa e atraente

Um componente-chave para transmitir o principal ponto de aprendizagem por meio de uma ideia publicitária é garantir que o texto de microlearning seja conciso. O poder de um texto bem elaborado não pode ser exagerado em marketing e aprendizagem. Com base na minha experiência em marketing, observei a importância de escolher cuidadosamente as palavras na publicidade. Este princípio é igualmente vital no microlearning.

Poder de parada

Criar conteúdo com “poder de parada” cria impacto. Isso significa elaborar mensagens que captem e prendam a atenção do aluno, da mesma forma que um texto de anúncio marcante faria alguém parar enquanto caminhava pelo corredor de um supermercado. O segredo é usar um texto conciso para transmitir a mensagem de maneira eficaz.

Em qualquer microlearning, brevidade e foco são importantes. É por isso que mensagens intencionais com poder de parada têm impacto.

Menos é mais

No microlearning, o princípio “menos é mais” é fundamental. O conteúdo deve ser claro e compreensível à primeira vista ou rapidamente. Esta abordagem melhora a lembrança da mensagem, garantindo que o aprendizado seja absorvido e retido. Assim como o texto publicitário é focado, as informações de “necessidade de saber” no microlearning devem ser removidas.

Evite jargões

A simplicidade na linguagem é crucial. Evitar jargões e terminologia complexa torna o aprendizado mais acessível e identificável. Compreender o seu público e escrever de uma forma que fale diretamente com ele aumenta a eficácia da mensagem.

3. Aproveitando as emoções

Além do texto cuidadosamente escolhido que apoia a representação criativa do objetivo de aprendizagem, um componente da microaprendizagem influenciada pelo marketing é o aproveitamento das emoções. As emoções desempenham um papel significativo na forma como aprendemos e retemos informações. No treinamento, o uso inteligente de sentimentos intencionais pode tornar o microlearning mais eficaz.

Use emoções para dramatizar pontos de aprendizagem

Use emoções propositalmente para destacar os principais pontos de aprendizagem. Seja por meio de humor, narrativa ou recursos visuais, o aspecto emocional do conteúdo deve abrir o coração e a mente do aluno para o conceito de ser ensinado.

Humor com Propósito

O humor deve estar diretamente relacionado ao objetivo de aprendizagem. Não se trata de ser engraçado por si só; trata-se de melhorar a experiência de aprendizagem. O humor deve apoiar o ponto de aprendizagem em vez de ofuscá-lo.

Envolvimento emocional

O objetivo é usar as emoções de uma forma que capte, sustente e recompense a atenção do aluno, dando vida ao conteúdo de aprendizagem e facilitando uma compreensão e retenção mais profundas.

Por exemplo, o envolvimento emocional neste anúncio é profundo. A Chevrolet fez parceria com a Associação de Alzheimer para criar um vídeo memorável que retrata o lugar duradouro que a Chevrolet ocupa no coração das pessoas. O vídeo faz o espectador pensar de forma diferente sobre a Chevrolet e o Alzheimer por meio do uso intencional das emoções.

Da mesma forma, o vídeo de treinamento “My Mom Has Alzheimer” de Dewar usa a emoção para iniciar a ação. Através do nosso microlearning, podemos criar impacto com apenas uma visualização. Este é o poder das emoções.

Conclusão

Ao aplicar essas técnicas de marketing focadas – a ideia publicitária, o texto conciso e atraente e o controle das emoções – podemos criar experiências de microaprendizagem que são memoráveis e eficazes para impulsionar a mudança de comportamento. Essas abordagens garantem que a aprendizagem permaneça e tenha um impacto duradouro no aluno.

Fonte: www.td.org

Curta e siga:
error20
fb-share-icon0
fb-share-icon20
Share:
Verified by ExactMetrics