Qual é o impacto das mídias sociais no aprendizado on-line?

Com os notáveis ​​avanços tecnológicos das últimas décadas, a presença das mídias sociais se fortaleceu em muitas áreas de nossas vidas, desde o entretenimento até o sustento. Mais recentemente, entrou no mundo do aprendizado e da educação, mudando nossos hábitos e nos dando novas formas de aprender de forma mais rápida e eficiente. No entanto, apesar dos muitos benefícios inegáveis ​​de alavancar a mídia social no aprendizado on-line, existem alguns obstáculos que os instrutores e alunos on-line precisam ter em mente. Se você quiser saber mais sobre isso, continue lendo para descobrir 4 desafios de mídia social que podem impactar negativamente a experiência de aprendizagem.

4 desafios que a mídia social representa para o e-Learning

1. Distração e Vício

As plataformas de mídia social são projetadas para exibir constantemente novas informações, a fim de manter altos níveis de engajamento. Especificamente, toda vez que os usuários entram, algo novo está esperando por eles, seja um artigo informativo ou um divertido teste de cultura pop. Você, como instrutor, não pode controlar essas distrações e os alunos on-line podem acabar rolando continuamente seus feeds de mídia social em vez de concluir o treinamento. Às vezes, os usuários até relatam um nível de dependência dessas plataformas, pois não conseguem parar de voltar a elas a cada poucos minutos. Isso pode afetar gravemente sua concentração e produtividade, resultando em baixo desempenho.

2. Isolamento

Embora a mídia social ajude os alunos on-line a se conectarem e se tornarem parte de uma comunidade maior de conhecimento compartilhado , isso não significa que a comunicação on-line possa substituir toda a interação face a face. Na verdade, a pesquisa mostrou que confiar apenas nessas plataformas para socializar pode aumentar os sentimentos de solidão e isolamento. Os alunos on-line precisam estar atentos aos efeitos que o uso excessivo das mídias sociais podem ter em sua saúde mental e tomar as precauções necessárias. Isso pode incluir limitar o uso diário das mídias sociais ou equilibrar a socialização online com as interações pessoais.

3. Desinformação

Considerando a enorme quantidade de dados que são carregados online a cada segundo, podemos entender facilmente que é quase impossível verificar tudo quanto à precisão e credibilidade. Como resultado, notícias falsas e desinformação se tornaram um desafio comum nas mídias sociais que os usuários precisam conhecer. A falta de preparação necessária para verificar as informações pode afetar seriamente o progresso e o desenvolvimento dos alunos on-line. Portanto, é importante praticar habilidades como pensamento crítico, pesquisa de fontes e verificação cruzada de informações para garantir que os usuários não participem da perpetuação de conteúdo falso.

4. Preocupações com a privacidade

Fazer login em plataformas de mídias sociais, acessar sites ou comprar cursos on-line exige que os usuários compartilhem informações confidenciais, como nome, endereço, fotos e informações de cartão de crédito. Uma vez que essas informações estão na web, elas podem ser vítimas de hackers que podem cometer crimes como roubo de identidade, fraude financeira ou até mesmo perseguição. Embora as autoridades possam ajudar as pessoas que foram vítimas de tais ações, é melhor prevenir do que remediar. Certifique-se de informar os alunos on-line sobre as práticas de segurança na Internet que manterão suas informações pessoais protegidas.

Quais são os efeitos na saúde mental dos alunos on-line?

Existem muitas razões pelas quais esses desafios das mídias sociais podem impactar negativamente a saúde mental dos alunos on-line. Já mencionamos a sensação de solidão decorrente da falta de um ambiente de aprendizagem presencial que ofereça mais chances de interação com os colegas. Além disso, o uso excessivo das mídias sociais pode levar a sentimentos de ansiedade e depressão devido ao aumento da competição. Como as mídias sociais permitem que pessoas de qualquer local e origem se conectem, as discrepâncias sociais e econômicas podem vir à tona e fazer com que alguns alunos se sintam inadequados. Sem falar nos riscos do cyberbullyinge. Para evitar efeitos tão sérios e duradouros em sua psique, os alunos on-line precisam estar cientes de todos os possíveis perigos que o uso da Internet pode representar.

Conclusão

As redes sociais revolucionaram completamente a forma como usamos a internet hoje em dia. No entanto, isso não muda as muitas maneiras pelas quais isso pode afetar negativamente o desempenho e o progresso no aprendizado. Se os alunos on-line não usarem as mídias sociais com moderação e praticarem a segurança on-line, eles podem acabar perdendo o foco, se distraindo de seu objetivo final e até mesmo sendo vítimas de fraude ou propaganda. Esperançosamente, este artigo chama sua atenção para esses desafios e da a você uma orientação básica sobre como proteger seus alunos on-line deles, começando por informá-los e oferecendo um canal de comunicação aberto onde eles podem buscar suporte. Dessa forma, eles aproveitarão a infinidade de benefícios que as mídias sociais pode oferecer e desenvolverão suas habilidades com mais eficiência.

Fonte: https://elearningindustry.com/