Blog

Use a criatividade para eliminar o tédio dos seus alunos on-line

Vamos ser sincero, aulas on-line podem ser entediantes. Os alunos podem perder o interesse por esses tipos de cursos padrão, prejudicando sua capacidade de cumprir os objetivos do treinamento. Resolver esse problema de motivação pode ser complicado porque muitos LMS (sistemas de gerenciamento de aprendizagem) não permitem muita criatividade, fazendo com que os instrutores fiquem presos em um projeto típico de curso monótono. No entanto, mesmo com o LMS mais limitante, os instrutores ainda podem criar salas de aula online inovadoras, tornando o aprendizado interessante para os alunos.

As informações abaixo ilustram algumas sugestões que podem eliminar o tédio dos alunos on-line.

1. Transforme a introdução em um jogo

Em vez de fazer com que os alunos escrevam sobre seus interesses sobre porque estão fazendo o curso, transforme o fórum inicial em um jogo. Por exemplo, os alunos podem brincar de “duas verdades e uma mentira” (dando a seus colegas dois fatos sobre si mesmos e uma falsidade), fazendo com que seus colegas adivinhem qual é a mentira. Os alunos também podem contar um evento de vida interessante em suas postagens iniciais e fazer seus colegas adivinharem o final do evento. Outra ideia seria criar um quebra-cabeça para resolverem na primeira semana, seja um jogo de lógica, uma charada, uma equação ou um caça-palavras.

2. Mude a discussão

Tente navegar para longe das discussões de “postagens / respostas iniciais”. Em vez disso, crie postagens iniciais com base nos tópicos das aulas antes do início e peça aos alunos que respondam aos tópicos durante as discussões. Sendo assim os alunos a seguir devem se basear na discussão do aluno anterior, desta forma os alunos interagirão mais do que apenas respondessem aos tópicos no método padrão de.

3. Randomizar os tópicos atribuídos

Atribua os tópicos aos alunos de forma aleatória. Adicione todos os tópicos que você gostaria que os alunos abordassem em uma tarefa ou discussão, randomize-os e atribua a cada aluno um tópico. Esses tipo de pratica funciona como um jogo de azar ou até mesmo uma máquina caça-níqueis para os alunos, evitando que você seja inundado com várias respostas para um mesmo tópico.

4. Crie mini-aulas personalizadas

Use um gravador de tela para criar vídeos mostrando aos alunos como navegar pelas tarefas da semana e carregue-os no YouTube, dessa forma, você não terá que criar uma transcrição do vídeo porque o YouTube cria legendas automáticas para você (o que é necessário para salas de aula on-line). Depois de enviar o vídeo, certifique-se de copiar o código HTML, o que pode ser feito clicando em “incorporar”. Assim, você também poderá inserir seus vídeos no conteúdo se o seu LMS permitir.

5. Adicione “Easter Eggs”

Com aulas de texto ou vídeo, tente usar “Easter Eggs”. Eles serão uma espécie de surpresa durante a aula e podem se transformar em créditos extra se você pedir aos alunos que postem algum tipo de informação sobre os “Easter Eggs”. Isso deixará seus vídeos mais interessantes e divertidos.

6. Seja criativo com atribuições

Para desgosto de muitos alunos, os professores tendem a atribuir várias redações a cada módulo. Em vez disso, crie tarefas que ainda atendam aos objetivos do curso, mas que também permitam a criatividade. Por exemplo, configure uma troca de e-mail: envie um e-mail para um ou um grupo de alunos com uma pergunta relacionada às aulas, dê-lhes um certo tempo para responder e continue esta troca de e-mail com outros alunos. Ou crie uma tarefa em que os alunos carreguem um vídeo feito por eles, com gravador de tela, nos fóruns. Dessa forma, os alunos poderão ver o trabalho de seus colegas e você poderá avaliar os vídeos em vez de corrigir redações.

7. Substitua o projeto final vários projetos diário

Outra forma dos alunos demonstrarem conhecimento é criar um diário. As entradas de diário, novamente, não precisam ser necessariamente “mini-ensaios”, como as postagens iniciais discutidas acima. Em vez disso, serão reações pessoais às leituras e / ou aulas. As entradas de diário podem ser carregadas semanalmente para uma nota nominal (um ponto por semana, talvez), e então o diário inteiro será o projeto “final” do curso, com apenas um pequeno resumo final. Dessa forma, os alunos não serão bombardeados com grandes atribuições de uma só vez, permitindo-lhes cumprir os objetivos do curso de uma maneira mais agradável e livre de estresse.

Conclusão

Muitos alunos ficam felizes por terem a opção de concluir um curso on-line, mas podem ficar entediados com os métodos padrão de aprendizado. Em vez disso, pense em maneiras de ir além do formato típico de discussão, lições e tarefas, mesmo que o LMS não dê a você a oportunidade de usar muitos recursos. com certeza, alguns dos exemplos acima irão inspirá-lo a ir além da sala de aula on-line padrão, permitindo que seus alunos tenham uma experiência on-line divertida e motivadora.

 

Fonte: https://elearningindustry.com/

Share:
Translate » Traduzir