Matéria

Vantagens da Inteligência Artificial no treinamento de Soft Skills

No atual cenário empresarial em evolução, cultivar uma força de trabalho altamente treinada e adaptável tornou-se muito mais do que uma simples consideração estratégica: é um requisito para ter sucesso no campo competitivo. Este impulso levou as empresas a olhar para além dos métodos de formação tradicionais, desenvolvendo programas de formação que não só proporcionam aos colaboradores competências interpessoais essenciais, mas também os capacitam para alcançar o sucesso. E uma estrela emergente inquestionável neste caminho de aprendizagem e desenvolvimento (T&D) em constante evolução é a inteligência artificial (IA). Uma força tecnológica inovadora que não está apenas a alterar as regras, mas também a reescrever o manual sobre como a formação é planeada, conduzida e avaliada.

A vantagem da IA no treinamento

Antes de explorar os meandros da contribuição da IA para o desenvolvimento de competências interpessoais, é essencial reconhecer a vantagem fundamental que ela possui. A IA está a tornar-se cada vez mais popular no domínio da aprendizagem no local de trabalho devido às suas capacidades avançadas em análise de dados, identificação de padrões e fornecimento de informações personalizadas. De acordo com uma pesquisa realizada pela McKinsey & Company, os programas de aprendizagem que utilizam tecnologia de IA demonstram níveis de envolvimento três vezes maiores do que aqueles sem integração de IA. Isto destaca o potencial que ela tem para personalizar o conteúdo, a entrega e a avaliação, que são elementos cruciais de uma formação eficaz, de acordo com as necessidades individuais do aluno. O benefício da IA vai além do domínio das competências interpessoais, e a sua influência disruptiva pode ser testemunhada em diversas disciplinas de formação.

Com ferramentas capazes de analisar rapidamente os dados dos colaboradores, transcrever sessões, resumir sessões de treinamento, criar imagens e vídeos e até mesmo desenvolver ferramentas e aplicativos digitais que os participantes possam integrar perfeitamente em sua jornada de aprendizagem, a IA pode tornar-se a arquiteta de um ecossistema de aprendizagem holístico.

Avaliações de necessidades e análise de dados orientadas por IA

No centro de qualquer iniciativa de formação bem-sucedida está uma avaliação abrangente das necessidades. É aqui que a IA brilha como estrela-guia. As tarefas antes trabalhosas de transformar discussões em resumos significativos podem se tornar sinfonias automatizadas orquestradas pela precisão da IA. Esta fusão das proezas técnicas da IA com as complexidades do treinamento transforma o cenário, tornando a aprendizagem não apenas mais eficiente, mas profundamente envolvente e adaptada ao ritmo único de cada aluno.

Gerando conteúdo de treinamento dinâmico

O método convencional de conceber materiais de formação, tais como dramatizações e apresentações, pode tornar-se exigente e demorado. Neste caso, a IA pode ser uma virada de jogo. Imagine-a como um colaborador criativo capaz de gerar conteúdo que não seja apenas contextualmente relevante, mas também adaptado às necessidades específicas dos participantes. Um ótimo exemplo é a criação de cenários de roleplay. Plataformas alimentadas por IA, como Slides AI, Dropdeck e Beautiful.ai, podem gerar cenários que imitam desafios do mundo real, proporcionando aos participantes um ambiente controlado, mas autêntico, no qual podem praticar suas habilidades de liderança e negociação. Esta geração dinâmica de conteúdos não só aumenta o envolvimento, mas também transforma a formação numa experiência de aprendizagem imersiva.

Técnicas de Negociação como Fio Estratégico

Mas vamos olhar mais de perto para as técnicas de negociação, que são um fio estratégico que se adapta bem ao treinamento de soft skills. A negociação não é apenas uma arte; também é uma ciência. O Shapiro Negotiations Institute (SNI) promove a estrutura “Preparar, Propor e Sondar” (3P’s) como um componente vital para negociações bem-sucedidas. Esta estrutura mostra como o planejamento que prevê, as ofertas que conectam e a sondagem que revela, todos trabalham juntos para que uma negociação corra bem.

Dominar a arte da negociação é uma tarefa complexa que requer pensamento estratégico, inteligência emocional e habilidade física. E é aí que entra a IA, pronta para fortalecer cada parte dos 3P’s.

Prepare-se com precisão: no mundo da IA, a preparação é mais do que apenas estar pronto. Tem um ritmo que acompanha o crescimento de cada colaborador. A IA pode utilizar fluxos de dados para descobrir as habilidades e fraquezas de cada pessoa, o que pode ajudar a criar caminhos de treinamento personalizados. Este método personalizado não escova apenas a superfície; entra em detalhes sobre como se preparar para o início da conversa.

Proponha com previsão: quando o conteúdo gerado pela IA é misturado com materiais de treinamento, dá aos cenários de negociação uma maior autenticidade. Protótipos de dramatização personalizados estão se tornando ferramentas de aprendizagem valiosas porque refletem a complexidade das interações do mundo real. Com a ajuda da IA, situações imaginárias podem ser transformadas em experiências da vida real. Isto pode permitir que os formandos negociem com maior confiança e informação.

Sondar insights estratégicos: Durante esse período, o papel da IA pode se tornar cada vez mais importante. Aqui, a IA passa de professora a guia, transformando conversas em insights fáceis de entender. Ele documenta o que ocorre nas reuniões, indo ao cerne do que foi dito com precisão e ajudando os formandos a rever os principais conceitos. A participação da AI não envolve apenas gravação. Além disso, ajuda a mostrar o caminho para a proficiência e torna o componente de sondagem mais eficaz.

Uma Confluência de Evolução e Empoderamento

A integração da IA no domínio da formação em competências interpessoais serve não só para melhorar o desempenho, mas também para promover uma cultura de desenvolvimento contínuo. Através de cada conversa, a IA envolve-se ativamente no processo de escuta atenta, adquirindo conhecimento e, posteriormente, ajustando o seu comportamento em conformidade. A declaração capta a essência básica da negociação, que é um processo cíclico e repetitivo que progride através da recolha de conhecimento e compreensão de cada interação. À medida que a IA explora a natureza complicada das estratégias de negociação, ela reflete o cerne do processo de investigação.

No domínio da negociação, a sondagem vai além do simples ato de fazer perguntas. A prática envolve uma investigação aprofundada que transcende a superficialidade, revelando diferentes camadas que escondem impulsos, aspirações e limitações mais profundos. A IA, semelhante a um negociador experiente, pode demonstrar uma capacidade distinta de investigar factos e informações. O processo de identificação de padrões, identificação de tendências subjacentes e exposição de relações ocultas pode ser capaz de superar a análise humana, que pode ignorar involuntariamente tais insights.

O elemento humano: fusão com IA

No entanto, é crucial reconhecer que no domínio da educação assistida por IA, a tecnologia não está a substituir a interação humana, mas sim a complementá-la. A integração da IA com a interação humana resulta, em última análise, numa experiência educacional ainda mais abrangente. Conversas em tempo real, dramatização e mentoria, que são as partes mais importantes da negociação, estão todas integradas nos algoritmos da IA. Esta sinfonia, orquestrada pela habilidade e visão humana da IA, resulta numa sinergia que excede a soma dos seus elementos.

Embora a IA aumente a eficácia do treinamento, é importante reconhecer que a negociação não é um processo linear. É uma performance dinâmica, uma interação complexa entre estratégias e emoções. A IA pode ajudar os alunos a compreender a coreografia, mas a intuição humana, a empatia e o planeamento estratégico são a essência da negociação. À medida que a IA transforma as lições numa experiência dinâmica e baseada em dados, pode combinar a arte e a ciência da negociação, reunindo o melhor dos dois mundos.

Fonte: https://trainingindustry.com/

Curta e siga:
error20
fb-share-icon0
fb-share-icon20
Share:
Verified by ExactMetrics